Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

Missionários da Consolata Celebram Festa do Fundador, Beato José Allamano

José20Allamano2020Santo1A Família Consolata em Moçambique e Angola - Missionários e Missionárias da Consolata, Leigos e Amigos da Consolata, como em outras partes do mundo a Festa do seu Fundador.

No dia 16 de Fevereiro, do Niassa a Maputo, passando por Nampula, Tete e Inhambane, e também em Angola, em IMG 20180220 WA0002diferentes celebrações os missionários da Consolata, juntamente com as comunidades paroquiais que estão ao seu cuidado pastoral, celebraram a festa do Beato José Allamano.

A Família Consolata de Maputo reuniu-se na paróquia de Santa Teresinha de Liqueleva-Matola para celebrar a festa com a comunidade. Presidiu à Santa Missa o Bispo de Guruè, Dom Francisco Lerma, missionário da Consolata. Também neste dia o seminarista da Consolata, Xavier Agostinho, natural da paróquia, fez a admissão à etapa do postulado em preparação ao  noviciado.

Na Paróquia de Liqueleva, que celebra este ano 70 anos de fundação, um grande número de famílias aproveitou esta ocasião para fazer a  renovação dos compromissos matrimoniais.

 

IMG 20180220 WA0006No Niassa, na paróquia de Nzinje-Lichinga, houve uma intensa novena de preparação da festa do Beato José Allamano.  A sua imagem peregrinou pelas comunidades cristãs da paróquia. No Domingo passado, dia 18 de Fevereiro, em ambiente de festa e de acção de graças, foi celebrada a Eucaristia, presidida pelo P. Edilberto Maza, missionário da Consolata e pároco de Nzinje. Toda a novena e a celebração da festa foi dinamizada pelo grupo dos Leigos e Amigos da Consolata.

IMG 20180220 WA0004IMG 20180220 WA0003O Beato José Allamano continua hoje a falar a todos os missionários e missionárias da Consolata. Continua a recomendar que é preciso "fazer o bem, bem feito"; "é preciso que todos possam ver a Deus no missionário". Este homem que foi formador de párocos, sem nunca ter sido pároco, que fundou dois institutos missionários, sem nunca ter saído de Itália, congrega hoje à sua volta gente de todo o mundo que lhe agradece por ele nunca ter desanimado de levar por diante o projecto apostólico que idealizou, apesar de tantas dificuldades. Graças à acção dos Padres, Irmãos e Irmãs da Consolata, a palavra de Deus ressoou pelos quatro cantos do mundo e muitos tiveram a felicidade de a ouvir e abraçar a fé cristã.

A 16 de Fevereiro de 1926 , depois de uma vida de trabalhos e canseiras ao serviço da sua igreja local de Turim (Itália) e da igreja missionária, que José Allamano partiu para a Casa do Pai.  Poucos meses antes, em Outubro de 1925, tinha dado a bênção e enviado para Moçambique o primeiro grupo de Missionários da Consolata

IMG 20180220 WA0000