Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

SEMINÁRIO FILOSÓFICO NOSSA SENHORA DA CONSOLATA MATOLA

Novo Ano no Seminário da Matola

Matola3Apesar das dificuldades de comunicação, devido às inundações no norte e centro de Moçambique, que complicaram o regresso dos seminaristas do norte do país no seminário, o ano formativo no Seminário de Nossa Senhora da Consolata da Matola teve início no dia 2 de Fevereiro.

A comunidade é constituída pela equipa formadora e pelos seminaristas, num total de 21 pessoas.

Na equipa formadora estão: O Reitor,  Pe. Andrew Kasumba, do Uganda; O Formador e Ecónimo, Pe. Fredrick Agalo, do Kenya e o Director Espiritual, o Pe. Manuel Tavares de Portugal

Os seminaristas são 18. Destes, 4 estão a frequentar curso do propedêutico; 6 frequentam 1ºano, 1 frequenta o 2º ano e 7 frequentam o 3º ano de filosofia (postulantes).

Continuar...
 
Sagração do Novo Bispo de Lichinga

Novo Lichinga1Bispo de Lichinga, Dom Atanásio Amisse Canira, foi ordenado e tomou posse este domingo, dia 22 de Março de 2015.

A cerimónia, realizou-se no estádio do Aeroclube de Lichinga tal a quantidade de pessoas que afluiram para celebrar este importante acontecimento para a Igreja de Moçambique e do Niassa.
Cerca de três mil pessoas juntaram-se para celebrar a festa do padroeiro da Diocese, S.José, e a sagração do novo bispo.  Natural de Nampula e ultimamente vigário geral da diocese de Nacala, Dom Atanásio Amisse Canira é o quinto bispo desta diocese que há dois anos celebrou os seus 50 anos de vida.
D. Atanásio, sucede a Dom Elio Greselin, entusiasta e dinâmico pastor, que apresentou no ano passado a sua renúncia por limites de idade e por motivos de saúde.
Estiveram presentes na celebração, nove bispos, sendo Dom Germano Grachane, pastor da diocese de Nacala, o presidente da celebração, assistido pelo Dom Elio, emérito de Lichinga e Dom Lúcio, bispo de Xai-Xai e presidente da Conferência Episcopal de Moçambique. Entre eles os missionários da Consolata, Dom Francisco Lerma, bispo de Guruè e Dom Inácio Saure, bispo de Tete.
Concelebraram 70 padres das diferentes dioceses, com a presença de todos os nove missionários da Consolata que trabalham em seis paróquias no Niassa.
 
 
Ensino primário moçambicano será ministrado nas 16 línguas nativas a partir de 2017

guiua10-10 073 resize

O Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique anunciou há dois dias que o ensino primário vai usar as 16 línguas nacionais a partir de 2017, ao lado do português, para facilitar o ensino às crianças moçambicanas.

A decisão de introduzir o ensino bilingue nas escolas primárias moçambicanas foi divulgada pela diretora nacional do Ensino Primário, Antuía Soverano, durante o Seminário de Revisão Linguística dos Planos Analíticos do Ensino Bilingue, que está a decorrer na capital moçambicana.
"O ensino primário pode ser lecionado monolingue e também na modalidade bilingue, onde as crianças começam o processo de socialização e aprendizagem na sua língua materna e depois têm a transição para a língua de instrução após consolidarem os conhecimentos e capacidades na sua própria língua", afirmou Soverano, explicando as vantagens da introdução do sistema bilingue.
 

Com a inovação, assinalou a fonte, o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, pretende melhorar os resultados no ensino primário, promover a interação na escola e agilizar o processo de socialização dos alunos.

Continuar...
 
D. Elio Greselin Despede-se do Niassa

D. Élio2Diocesede Lichinga despede-se do seu Bispo Emérito

No passado dia 15 de Março, celebrou-se na Catedral de São José da Diocese de Lichinga a missa de despedida de Bispo Dom Elio Greselin, depois de cinco anos de serviço à igreja local. A missa foi bem participada, além da presença das três paróquias da cidade de Lichinga, Catedral, Cerâmica e Nzinje), contou-se também com a participação dos párocos de Metangula,  Nipepe, Mwembe, Metarica e Cobue. Estiveram igualmente presentes várias comunidades religiosas e Leigos de diferentes lugares do Niassa.
A saúde de Dom Elio é estável, e ao que parece, neste regresso ao Niassa, parece ter recuperado também o seu bionito sorriso com que sempre acolheu toda a gente.

Depois da missa, houve um almoço, seguido de um tempo de convívio na casa do Senhor Bispo, vivido e participado num ambiente fraterno.

 

Continuar...
 
P. Carlo Biella chega a Maúa

Maua Biella

P. Frizzi, acolhe novo missionário na Missão de Maúa

Depois de um mês sozinho e aguentando o ritmo e as actividades das missões de Maùa e Mayaka, o pe. Frizzi acolheu o substituto do pe. Edilberto, nomeado pároco de Nzinje em Lichinga. Trata-se do pe. Carlo Biella, vindo de Itália, mas que já havia trabalhado em Moçambique e no Niassa, em Mecanhelas, Cuamba, Mitucue e Metarica.
O início do mês de Fevereiro foi marcado com os conselhos paroquiais das duas realidades assistidas pela comunidade IMC: Maùa e Mayaka, que  reunem um total mais de uma centena de animadores.
Com a chegada dos jovens, que frequentam os lares, o ambiente da paróquia de Maùa transformou-se. Os "laristas" trazem vida ao dia a dia e na liturgia quotidiana. Os dois internatos (masculino e femenino) têm 65 jovens (38 rapazes e 27 meninas) vindos das comunidades longínquas e também de outros distritos. Um bom sinal do apreço por esta obra e pelo acompanhamento que lhe é prestado. Os mesmos laristas reconhecem e valorizam as propostas formativas, comunitarias e espirituais alèm da parte académica. O tempo é de reinserção e muito trabalho.

 

 
<< Início < Anterior 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 Seguinte > Final >>