Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

Niassa: Comunidade dos Missionários da Consolata de Cuamba

Cuamba1

Capela, Escolinha e Centro Nutricional, são as novas apostas da comunidade de Cuamba

A comunidade de Cuamba, dedica a maior parte do seu tempo à actividade pastoral, sobretudo com a  visita às comunidade e também durante a semana, na celebração dos sacramentos e trabalho de formação. O Pároco, P. William, coordena uma vasta equipa missionária da qual fazem parte religiosas e leigos de diferentes congregações e movimentos. O P. Adeka, recém chegado da diocese de Inhambane, desempenha também as funções de  capelão da faculdade de Agricultura da Universidade Católica de Moçambique em Cuamba.

Cuamba2

O P. Salgueiro, missionário vetereno, que além de Moçambique também trabalhou diversos anos em Inglaterra e nos Estados Unidos, presta serviço pastoral no hospital e na cadeia de Cuamba e é director do dinâmico grupo da Legião de Maria. O Leigo Filipe dedica-se à pastoral juvenil e ao ensino. Formam uma comunidade coesa onde existe partilha de responsabilidades.

Neste momento têm em mãos vários projectos de promoção humana:  O centro nutricional, a planificação de uma escolinha, o centro "Muthyana" para a formação da Mulher, o Centro Semente para a formação dos jovens e a construção da igreja de Santa Luzia no populoso bairro de Mutxora, na periferia da cidade de Cuamba.

Continuar...
 
Nipepe: Festa de Acção de Graças pela Beatificação da Irmã Irene Stefani

Nipepe2Centenas de peregrinos e um bom grupo de Missionários/as da Consolata, sacerdotes diocesanos e religiosos/as agradecem a Deus o dom da santidade da Irmã Irene Stefani.

As celebrações litúrgicas começaram no Sábado à tarde com a procissão com a imagem de Nossa Senhora da Consolata, do centro da vila até à igreja paroquial. Seguiu-se a Eucaristia e uma vigília de oração.

No domingo, os fiéis afluiram em grande número, das comunidades cristãs da paróquia de Nipepe. A Eucaristia, celebrada ao ar livre, na frente da igreja paroquial, foi presidida pelo Bispo de Lichinga, D. Atanásio Amisse Canira, concelebrada pelo D. Inácio Saúre IMC, Bispo de Tete, e por 30 sacerdotes. Estavam presentes também delegações do governo distrital e provincial, autoridades tradicionais, representantes de outras igrejas e dos muçulmanos.Nipepe5

Na homilia, feita por D. Inácio Saure, o bispo de Tete, destacou a figura da Beata Irene Stefani colocando em destaque as suas qualidades humanas, religiosas e missionárias. No final da celebração foram apresentados os catequistas, ainda vivos, que estavam em formação em Nipepe e que foram vitimas do ataque, muitos deles sequestrados e levados pelos guerrilheiros para a base, e testemunhas do milagre da multiplicação da água e da proteção recebida durante aqueles dias de grande perigo e risco de vida.

No grupo estava a jovem Irene, a criança que nasceu dentro da igreja de Nipepe durante o sequestro e foi lavada com a água da pia baptismal. Foi um momento emocionante, em primeiro para eles, pois alguns há muitos anos que não se viam, e para a assembleia que se comoveu com o testemunho. Foi um momento de explosão de alegria e agradecimento, bem expresso com as danças e os cânticos da assembleia.

Continuar...
 
Rua de Lichinga, homenageia Missionário da Consolata

Pietro Calandri 01Lichinga homenageia Padre Pedro Calandri, Missionário da Consolata.

Recentemente, no dia 1 de Maio de 2015, o Conselho Municipal de Lichinga, atribuiu o nome de uma das ruas  da cidade ao  Padre Pedro Calandri, primeiro Missionário da Consolata no Niassa e fundador da primeira Missão Católica

Uma justa homenagem para este missionário, pioneiro da evangelização católica do Niassa e grande promotor da educação e  desenvolvimento do povo do Niassa. O nome Lichinga deriva de N'tchinga, denominação original da  zona em que actualmente se encontra localizada a cidade. Tendo originado na região de Metónia, a povoação foi para aqui transferida no início dos anos 30, por sugestão do Padre Calandri que conhecia bem esta região. 

Calandri

 

Continuar...
 
Niassa: Visita Canónica à Comunidade de Nzinje-Lichinga

Comunidade de Nzinje-Lichinga é visitada pelo Superior RegionalLichinga JUN

Na comunidade de Nzinje, a equipa missionária tem desenvolvido um bom trabalho. São várias as iniciativas pastorais e são visíveis os sinais de uma comunidade dinâmica, onde são participes também os jovens. A equipa missionária, padres e irmãs conjuga esforços e dedicação e os frutos aparecem.

Com ajuda da comunidade, deu-se início aos trabalhos de renovação do telhado da  igreja-salão. E o entusiasmo da equipa missionária é um bom indicador de uma vida sã e estimulante para todos.

Durante a visita do superior da Consolata de Moçambique, deu-se a coincidência de encontrar a Madre Geral das Missionárias da Consolata, Ir. Simona Brambilla, acompanhada pela Conselheira Geral, Ir. Natalina Stringari, que efectuam a visita canónica à Região do Instituto das Missionárias da   Consolata em Moçambique.

Continuar...
 
Jubileu da Inauguração do Santuário de Massangulo

Massangulo 2013 Cortada50º Aniversário da inauguração do Santuário de Massangulo

Os trabalhos de construção da Igreja-Santuário de Nossa Senhora da Consolata de Massangulo tiveram início em 1954 e duraram 10 anos. A igreja é ampla, majestosa, artística, surpreendendo a sua original arquitectura e a quantidade de obras de arte que adornam o seu interior, grande parte delas da autoria do próprio P. Calandri e dos alunos da escola de arte de Massangulo.
No Domingo, dia 3 de Janeiro de 1965, a igreja de Massngulo, foi benzida e inaugurada solenemente pelo primeiro Bispo de Lichinga, D. Eurico Dias Nogueira. A 20 de Maio de 2009, Dom Élio Greselin, Bispo de Lichinga, elevou a Igreja de Massangulo a Santuário Diocesano como sinal de agradecimento pelo trabalho realizado pelos Missionários e Missionárias da Consolata no Niassa e para invocar a protecção de Maria para a diocese de Lichinga.Calandri oração
 
A sepultura do P. Pedro Calandri (1893-1967), o fundador da Missão de Massangulo e principal artífice da construção do santuário, encontra-se numa capela lateral do santuário. É ainda hoje meta de peregrinação de muitos daqueles que o conheceram ou ouviram falar dele.
Continuar...
 
<< Início < Anterior 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 Seguinte > Final >>