Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

Missionários da Consolata
Missão de Liqueleva dinamiza Actividades na Escolinha
Escrito por IMC Moçambique   
Sábado, 29 Abril 2017 22:37

IMG 2416Na escolinha de Liqueleva as crianças apoiam os mais velhos.

Os mais pequenos, acompanhados das suas monitoras e do missionário da Consolata P. Toussaint visitaram uma idosa necessitada a quem deram alguns produtos alimentícios.

 

 

 

 

Continuar...
 
Assembleia do Instituto Missões Consolata em África, na Tanzânia
Escrito por IMC Moçambique   
Terça, 16 Janeiro 2018 20:52

DSC 345737 missionários representantes da Direção Geral do IMC e dos países onde a Consolata está presente reuniram-se na Tanzania.

Estiveram presentes  9 países: Quénia, Uganda, Etiópia, Tanzânia, Moçambique, África do Sul, República Democrática do Congo, Costa do Marfim e Angola. De Moçambique participaram os Padres Diamantino Antunes, Superior Regional, Andrew Kasumba, Pedro Sisto e Cassiano Kalima.
A Assembleia do Instituto Missões Consolata em África reuniu-se de 9 a 15 de Janeiro em Bunju, na proximidade de Dar es Salaam, capital da Tanzânia. .
O objetivo da assembleia continental foi estudar formas de pôr em prática, no Continente africano, as decisões do XIII Capítulo Geral dos Missionários da Consolata, realizado em Roma em 2017, e as deliberações do Projeto Missionário Continental.
Revitalização e reestruturação são duas palavras-chave nesse processo iniciado em 2015. As reflexões centraram-se sobre  o Missionário, as Comunidades, as Circunscrições (Região e Delegação) e a Continentalidade.
Orientações práticas que deverão guiar os missionários da Consolata em África:
- Reorientar todo o Instituto na dimensão missionária que é o coração da sua vocação como consagrados para a missão ad gentes.
- Reafirmar a importância da formação permanente, em todos os níveis, como o único meio de revitalização de todos os missionários ao longo da vida.
- Relançar e aprofundar a animação missionária na e da igreja local.
- Reorientar a economia ao serviço da missão através da a vivência do voto de pobreza com uma disciplina de vida pessoal;  passar das grandes obras para uma missão mais discreta, humilde e solidária e ao ritmo das pessoas; Encorajar e incentivar cada comunidade e Circunscrição no processo de autofinanciamento, valorizando o que se é e tem, conscientes de que os missionários e a missão são o primeiro grande investimento do Instituto.

Actualizado em Terça, 16 Janeiro 2018 21:15
Continuar...
 
Zumbo-Miruro: Peregrinação das Missionárias da Consolata
Escrito por IMC Moçambique   
Sexta, 29 Setembro 2017 20:19

20170916 101828Missionárias da Consolata  assinalam 90 anos da chegada a Moçambique com Peregrinação ao Zumbo
Para recordar esta data, uma delegação das Missionárias da Consolata, as Irmãs Janete e Júlia e duas postulantes, percorreram os últimos passos das primeiras Missionárias da Consolata a caminho de Miruru.  Acompanhadas pelos missionários da Consolata de Fingoè, entre 14 e 18 de Setembro fizeram uma peregrinação até ao Zumbo, passando por Fingoè. Noventa anos depois, no dia 16 de Setembro, com os cristãos de Zumbo, missionárias e missionários da Consolata, percorreram em peregrinação a pé junto das margens do Luangwa até à aldeia homónima onde está surgindo o Santuário da Consolata. Centenas de católicos, alguns provenientes da vizinha Zâmbia, caminharam com os missionários seguindo a imagem da Consolata. Foi celebrada a Missa no local e evocada a gesta missionária. As irmãs tiveram a oportunidade de falar da sua congregação e do seu carisma. No dia seguinte, Domingo, foi celebrada Missa solene em Zumbo com grande afluência da população. Rezou-se para que as Missionárias da Consolata,  possam vir trabalhar para terras de Miruru e Zumbo. Missão é de fronteira e genuinamente ad gentes.

Continuar...
 
Ensino primário moçambicano será ministrado nas 16 línguas nativas a partir de 2017
Escrito por IMC Moçambique   
Sexta, 20 Março 2015 08:29

guiua10-10 073 resize

O Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique anunciou há dois dias que o ensino primário vai usar as 16 línguas nacionais a partir de 2017, ao lado do português, para facilitar o ensino às crianças moçambicanas.

A decisão de introduzir o ensino bilingue nas escolas primárias moçambicanas foi divulgada pela diretora nacional do Ensino Primário, Antuía Soverano, durante o Seminário de Revisão Linguística dos Planos Analíticos do Ensino Bilingue, que está a decorrer na capital moçambicana.
"O ensino primário pode ser lecionado monolingue e também na modalidade bilingue, onde as crianças começam o processo de socialização e aprendizagem na sua língua materna e depois têm a transição para a língua de instrução após consolidarem os conhecimentos e capacidades na sua própria língua", afirmou Soverano, explicando as vantagens da introdução do sistema bilingue.
 

Com a inovação, assinalou a fonte, o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, pretende melhorar os resultados no ensino primário, promover a interação na escola e agilizar o processo de socialização dos alunos.

Actualizado em Sexta, 20 Março 2015 11:14
Continuar...
 
Seminarista Moçambicano da Consolata recebe acolitado em Roma
Escrito por IMC Moçambique   
Terça, 09 Janeiro 2018 21:21

Seminarista RomajpgSeminarista Eugénio Uiliamo entra no acolitado juntamente com outros 9 seminaristas.

A cerimónia decorreu no passado dia 5 de Janeiro, no Seminário Teológico de Bravetta-Roma.

Presidiu o Padre Michelangelo Piovano, Superior Regional dos Missionários da Consolata em Itália.

Eugénio Uiliamo é natural de Vilankulo, na Diocese de Inhambane e frequenta o terceiro e último ano de Teologia em Roma. 

Os nossos parabéns ao novo acólito e desejamos-lhe uma fecunda caminhada formativa rumo ao secerdócio.

Actualizado em Sábado, 13 Janeiro 2018 16:42
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL