Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

Tete Missionário da Consolata Recupera Paróquia São Paulo

IMG 20180725 094859689Padre Franco Gioda recupera paróquia abandonada há cerca de 40 anos.


​Foi em pleno dia de Natal que o Administrador Apostólico da diocese de Tete, Padre Sandro Faedi IMC, inaugurou  a  Paróquia de São Paulo na cidade de Tete.
Foi celebrada a Eucaristia solene concelebrada pelo Padre Franco Gioda, novo Administrador Paroquial, pelo Padre Rosário Dionísio Reitor do Seminário Propedêutico de São José e pelo Padre José  Alone.
Acorreram muitos fiéis para celebrar o Natal. Depois de 43 anos de encerramento da paróquia de São Paulo volta á Vida.
Na cerimónia litúrgica, o Padre Sandro Faedi, leu o decreto com o qual reabria ao culto a igreja de São Paulo e reactivava a Paróquia:
"​Considerando que no dia 25 de Novembro 1973, o Exmo. Senhor Dom Augusto César Ferreira da Silva,  Bispo de Tete, criava a Paróquia de São Paulo de Tete, com sede na Igreja de São Paulo, sita ao lado do Quartel Militar. Por vicissitudes históricas a Igreja de São Paulo foi nacionalizada ao 13 de Junho 1975 e consequentemente, suspendidos os serviços pastorais paroquiais. Como a Paróquia nunca foi suprimida por nenhum decreto episcopal, tomo a iniciativa de a reabrir ”.
A devolução do edifício religioso e a reabertura da paróquia era já um sonho antigo da diocese de Tete. Para isso, foram feitas inúmeras tentativas para que o Governo moçambicano devolvesse o edifício nacionalizado aquando da independência nacional. No dia 9 de Novembro 2017, depois de várias diligências do Administrador Apostólico que recorreu directamente ao Presidente da República, Filipe Nyussi,  o Ministério da Defesa entregou à Diocese de Tete a Igreja de São Paulo.
Entretanto, a diocese começou, juntamente com a comunidade cristã, o trabalho de reabilitação da igreja que foi entregue em péssimo estado de conservação de muitos anos de abandono. Foi arranjado o telhado, reparadas as rachas nas paredes, colocados os vidros partidos, feita a pintura e decoração do interior da igreja. O edifício voltou à sua beleza original.
Juntamente com os trabalhos de recuperação material, houve um trabalho de sensibilização dos católicos que vivem no bairro de Chingale, e que até agora rezavam na paróquia da Catedral, para se mobilizarem para dar vida e organização pastoral à paróquia de São Paulo. A resposta foi encorajadora e em poucos meses se deu vida à paróquia.
Depois de diálogo com o superior regional dos Missionários da Consolata de Moçambique e aprovação dos membros da Região, em Julho de 2018 o Administrador Apostólico de Tete confiou à cura pastoral dos Missionários da Consolata a Paróquia de São Paulo de Tete. Acolhendo a apresentação do Padre Franco Gioda, manifesta com carta de 22 de Outubro 2018, para os serviços ministeriais na Paróquia de São Paulo; o Administrador Apostólico nomeou-o Administrador Paroquial de São Paulo.   
Com a reabertura da Paróquia de São Paulo, a cidade de Tete, na sua zona central e urbana, fica pastoralmente dividida, como era antes da independência. em três paróquias: São Tiago, São Paulo e São José.

Continuar...
 
Os Missionários da Consolata Desejam a todos um Santo Natal
Presep 01
 
Ordenação diaconal do Eugénio Bento

IMG 20181209 WA0016Seminarista moçambicano é ordenado Diácono em Portugal

O seminarista moçambicano da Consolata Eugénio Bento Cristovão, natural da paróquia de Entre-Lagos, distrito de Mecanhelas, foi ordenado diácono no passado dia 8 de dezembro (Solenidade da Imaculada Conceição), na Igreja de São Lourenço dos Grilos, na cidade do Porto (Portugal). A celebração eucarística foi presidida por D. Manuel Linda, bispo do Porto. Com o Bento, na mesma celebração, foram ordenados mais três diáconos e um sacerdote.
O Eugénio Bento está a fazer o ano de serviço missionário em Portugal depois de ter terminado os estudos teológicos em Roma. Está a trabalhar na comunidade missionária da Consolata de Águas Santas-Ermesinde, na diocese do Porto. Foi aqui exerceu o seu ministério como diácono pela primeira vez no passado II domingo do Advento, 9 de dezembro, na missa dominical que habitualmente se celebra na capela dos Missionários da Consolata.
Continuar...
 
Guruè: Jubileu da Diocese

IMG 20181210 WA0037Diocese do Gurué encerra ano jubilar.

No dia 9 de Dezembro, realizaram-se na Catedral de Gurúè as cerimónias do Encerramento do Ano Jubilar que assinala os 25 anos da criação da Diocese de Gurúè.

Foi também ocasião pata a bênção e inauguração da Cúria Diocesana recentemente construída, junto à casa diocesana.

Situada nas terras da Alta Zambézia, a Diocese de Guruè foi erigida a 6 de Dezembro de 1993, com território desmembrado da diocese de Quelimane. O seu território tem cerca de 42.450 km2 e a população é de aproximadamente dois milhões de habitantes. As comunidades cristãs são 2.200, num total de 25 paróquias, ultrapassando os católicos os 50% do total da população
Em 24 de Março de 2010 foi nomeado bispo de Guruè, Dom Francisco Lerma Martínez, missionário da Consolata. Neste 8 anos de governo pastoral, tem sido dado um forte incremento á diocese com a criação de novas paróquias e consolidação das principais estruturas da diocese.

Continuar...
 
Uma História com Final Feliz

IMG 20181204 WA0002Cremildo, um empreendedor de sucesso

Já aqui contamos a história feliz do Cremildo, um jovem da missão do Guiúa. A vida não lhe começou fácil. Oriundo de uma família pobre, foi entregue aos cuidados dos avós. Vários problemas de saúde o afectaram deixando-lhe algumas marcas físicas que lhe dificultaram os dias. Em 2011 inscreveu-se num projecto da Missão que visava a formação em costura e saúde. Logo se distinguiu pelo esmero do seu trabalho. Dois anos depois, com o apoio da missão frequentou a escola profissional de Inhassoro com a componente de corte e costura, Também aí se distinguiu como o melhor aluno. Como prémio ganhou uma máquina de costura, oferta de uma benfeitora que lhe vinha admirando o percurso. Regressou ao Guiúa e estabeleceu-se como alfaiate no mercado da Mafureira, à entrada de Inhambane. Em 2017 voltou a estudar enquanto trabalhava. Há dias voltou à missão com um pedido: comprar outra máquina de costura. Comprou. Vai montar mais uma banca junto à praia do Tofo, de maneira a estar mais perto de consumidores com maior poder de compra. O Cremildo hoje é um homem independente e com projectos de futuro. A prova viva que o trabalho e a determinação movem montanas e superam todas as dificuldades. Parabéns.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>